INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

2 de maio de 2015

Falando sobre: A Vida do Livreiro A.J. Fikry

||

Autora: Gabrielle Zevin
Editora: Paralela
192 Páginas

Sinopse: Uma carta de amor para o mundo dos livros.“Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro éum mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island. Um romance engraçado, delicado e comovente, que lembra a todos por que adoramos ler e por que nos apaixonamos.

Oi gente! Venho trazer para vocês a resenha de "A Vida do Livreiro A.J. Fikry", uma leitura um pouco antiga que fez parte da minha Maratona Literária de Verão 2014
"Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é um mundo"
Esse é o slogan da fachada da única livraria de uma pequena ilha chamada Alice Island. O dono é o velho ranzinza A.J. Fikry, cujo os moradores sempre o tacharam de "estranho". Isso só piorou com a morte de sua linda esposa Nic, num acidente de carro meses atrás. Com isso, as vendas da livraria Island Books caíram muito e A.J. se tornou um homem amargo e solitário, que passa suas noites acompanhado de vinho e de seu raríssimo exemplar "Tamerlane" de E. A. Poe. 
"A desvantagem de morar sozinho é que, qualquer bagunça que faça, você mesmo tem que limpar. Não, a verdadeira desvantagem de morar sozinho é que ninguém se importa se está chateado."

Mas A.J. nunca poderia imaginar que sua fonte de aposentadoria - o Tamerlane - fosse roubada. E ao contrário do que ele pensa, sua vida não está acabada. Pelo menos não depois que um estranho pacote é deixado em sua livraria, enquanto ele fazia uma caminhada, e a nova representante da editora Pterodactyl, Amelia, entra em sua pacata vida.

"Lembre, Maya: as coisas que nos tocam aos vinte não são necessariamente as que nos tocam aos quarenta, e vice-versa. Isso é verdade para livros e para a vida."
Eu fiquei namorando esse livro um tempão, pois a capa e a sinopse chamaram muito minha atenção. Felizmente quando tive a oportunidade de adquiri-lo a história não me decepcionou nem um pouco, muito pelo contrário, realmente me surpreendeu. Ela é tão simples, mas carregada de tantos ensinamentos que nos fazem pensar sobre nossas vidas.

Há várias referências de livros, alguns conhecidos e outros nem tanto, mas que fazem nos sentir com algo em comum com as personagens, ou seja, nos aproximamos mais delas.
" (...)'Para começar, é narrado pela Morte! Eu tenho oitenta e dois anos e não acho nada agradável ler um livro de quinhentas e cinquenta e duas páginas narrado pela Morte.' (...)  'Fiquei acordada a noite toda, de tanta raiva. Nessa altura da vida, prefiro não ficar acordada a noite toda. Nem quero chorar tanta quanto chorei por causa desse livro.' "
A mudança da personalidade e da postura das personagens quando entram em contato com o verdadeiro amor foi o que mais me chamou atenção. Isso fica mais notável, principalmente, no A.J. no decorrer da narrativa.
" Um homem não é uma ilha. Ou ao menos não é o melhor de si quando é uma ilha."
As únicas coisas que me incomodaram foram os erros de digitação e de tradução. Mas a história em si consegue nos fazer esquecê-los, e aproveitar o que o livro tem de melhor.
"Você descobre tudo que precisa saber sobre uma pessoa com a resposta desta pergunta: Qual é o seu livro preferido?"
A Vida do Livreiro A.J. Fikry é um livro que vale a pena você reservar algumas horinhas (sim, horinhas, dá para ler em um dia!) e desfrutar dessa linda história, que com certeza vai agradar todos os amantes de livros.

"'É o medo secreto de que não é possível sermos amados o que nos isola', diz a passagem, 'mas é apenas porque estamos isolados que pensamos não sermos amáveis. Certo dia, não se sabe quando, vai estar dirigindo por uma rua. E certo dia, não se sabe quando, ele, ou ela, aliás, estará lá.Será amado porque, pela primeira vez na vida, realmente não estará solitário. Terá escolhido não estar solitário.'"
Até mais, e Foca na Leitura!
Facebook
Blogger

15 comentários

  1. Olá!
    Já tem um tempinho que tenho vontade de ler esse livro, ele inclusive está na minha meta de leitura de 2015. Além de achar interessante essa ideia de ter um história ambientada no meio de tantos livros, pelo que vi em algumas resenhas, e na sua inclusive, a evolução do personagem parece ser algo muito bonito. Pena que os revisores não tiveram tanto carinho com a obra.

    Beijos
    Espero sua visita =)
    http://numrelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez que leio a resenha, e que amor de livro, que bom saber que dá para ler em algumas horas <3
    Não daria nada pela capa dele, mas pelo jeito é uma ótima leitura!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  3. Me animei pelo que vc disse que dá pra ler em algumas horinhas! Essa capa sempre me agradou, então acho que vou tenntar a experiência.
    Obrigada pela resenha
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olha uns tempos atrás eu tive bastante interesse de comprar esse livro, mas depois acabei deixando de lado, porque eu não me senti atraída pela história. Não sei, eu ainda quero dar oportunidade, mas não agora. Eu adorei tudo que você abordou sobre o livro. Seu ponto de vista sobre ele me deixou bastante curiosa e espero que eu venha a gostar pelo menos da história quando o pega-lo =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/lidos-no-mes-abril.html

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    A capa e sinopse também me chamaram atenção, e agora, após ler sua resenha, fiquei ainda mais curiosa para conhecer a história de AJ. Adoro livros que trazem ensinamentos. Pena que tenha encontrado erros de digitação, mas ainda assim quero muito ler.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  6. Aiiiii parece ser tão delicioso!! As citações são ótimas, fico imaginando o livro todo! :D Vou por nos desejados.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Ainda não li o livro, mas já conhecia por ver outras pessoas falando dele. Não chamou muito minha atenção talvez seja pela capa que é bem simples, mas se tiver oportunidade vou conferir para saber se gosto ou não.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha lido nada sobre esse livro, gostei da capa e e achei a premissa da história bem diferente, talvez interessante.
    Parabéns pela resenha, beijos

    http://bibliotecacolorida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é tudo de bom <33

    Amo demais o A.J. Mesmo ele sendo meio rabugento no começo do livro eu me apaixonei por esse personagem. As coisas que ele fala e sua paixão pelos livros são inspiradores. Realmente, o contato que ele tem com o amor, o primeiro, muda tudo em sua vida e no livro. Incrível. No final foi bem difícil para mim ter que me despedir dele... É aquele tipo de livro que a gente não quer que acabe :')

    Amei a resenha.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não sabia da existência desse livro, mas ele me encantou de forma singela. Jamais imaginei que gostaria de um livro que não fosse aventura épica/medieval. Com certeza estarei lendo. Sobre a revisão... Como tenho me chateado com algumas, putz. No primeiro livro com revisão mais ou menos, eu até não me incomodei. Mas ultimamente parece que eu tenho escolhido justamente as obras com revisores negligentes :/
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Hey Nicole, tudo bom?
    Este livro está na minha lista faz tempo kkkkk Acho essa capa tão linda e a sinopse me chamou muito a atenção. Quero muito saber como um novo romance mudou a vida deste amargo velho.
    Também odeio quando há muitos erros de digitação =/
    Amei essas quotes que vc selecionou <3
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
  12. Oieee!
    Q bom q n se decepcionou com o livro!!
    Li muitas resenhas tãao positivas qto a sua, e engraçado q a capa n m conquistou nem um pouco, só o fato d todo mundo dizer q traz muitos ensinamentos q nem vc disse é q m faz querer conhecer a históriaa!!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, flor!
    Eu nada sabia sobre esse livro e, diferente de você, não era uma história que me interessasse. Mas a sua resenha é encantadora! Impossível ignorar a sua opinião positiva. Eu gosto de dramas, sabe? Acho que é um gênero capaz de despertar o melhor que há em nós… E esse livro, em especial, parece fazer isso com facilidade.

    Enfim, decidi lê-lo!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro e gostei bastante.
    Um homem solitário, que perde a esposa deve ser bem triste. Quero ver como e se vai dar a volta po cima.
    Adoro livros que só se ler em algumas horas.
    Adorei sua resenha!

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Bem Interessante. Gostei da ideia, assim que zerar minha estante, esse entra na lista.

    http://literaturacontada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir