INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

10 de dezembro de 2015

Falando sobre: Círculo

||

Autores: Mats Strandberg e Sara B. Elfgren
Editora: Intrínseca
416 Páginas                                                                                                                            Sinopse: Minoo sempre foi a melhor da turma, mas não consegue fazer amigos. Vanessa é a garota mais sexy do colégio e namora um cara bem mais velho. Linnéa tem pai alcoólatra e é malfalada na escola. Rebecka parece ter uma vida de contos de fadas, mas esconde de todos que tem um distúrbio alimentar. Anna-Karin sofre bullying e deseja ser invisível. Ida, apesar de popular, é detestada tanto pelos professores quanto pelos alunos.
Elas não são amigas nem têm quase nada em comum, exceto o fato de frequentarem o mesmo colégio na cidadezinha sueca de Engelsfors. Quando uma lua vermelho-sangue surge no céu, as seis são atraídas por uma força misteriosa até um parque de diversões abandonado, onde descobrem que são as Escolhidas, um grupo de bruxas ligadas por uma antiga profecia, e que uma força terrível foi libertada. Diante de uma série de suicídios suspeitos, elas precisam se unir e aprender a usar suas habilidades mágicas recém-adquiridas se quiserem sobreviver. Juntas, formam um círculo poderoso, capaz de impedir uma profecia que anuncia o fim do mundo. Separadas, são caçadas por um inimigo misterioso que as persegue dentro e fora da escola.
Lançado em Novembro, é um sucesso editorial na Suécia, os direitos de publicação foram vendidos para 21 línguas diferentes e em 2012 a Random House publicou sua versão, no Reino Unido, intitulada “The Circle“. Uma adaptação cinematográfica já estava em pré-produção, mas problemas entre a produção e os autores fizeram-na não acontecer; atualmente, os direitos mudaram de produtora, e ainda há a possibilidade um filme baseado no romance ir às telonas.

Oi gente! O livro de hoje é legal, porém mediano e não irei levar nada dele para minha vida, além de não ser do meu feitio. Comprei-o na Bienal somente pela capa, sem ler a sinopse. Quando o li, de início não sabia o que esperar, por isso minha expectativa não era muito alta.


O começo é confuso porque são seis personagens principais femininas, e eu sou péssima com nomes, então tive que voltar várias vezes para a orelha do livro só para ler a descrição de cada uma. As personagens têm características bem normais de qualquer adolescente, mas todas com personalidades bem distintas. 


O círculo é um grupo de seis meninas: Minoo, Vanessa, Linnéa, Rebecka, Anna-Karin e Ida. Elas são reunidas por uma força sobrenatural em uma noite de lua cheia, pois são as escolhidas para lutar contra um mal. Nenhuma delas eram amigas antes disso, mesmo todas estudando na mesma escola. O mal ao qual elas lutam não é bem descrito no livro, além do porquê elas foram escolhidas para tal missão. Há um vilão, mas o objetivo dele e o porquê de suas ações também não é muito esclarecido.

A Minoo é uma das personagens que mais gostei; ela é insegura como qualquer adolescente, mas sempre tenta apaziguar as brigas entre as meninas. A Vanessa é uma garota popular na escola, porém não é metida e é neutra entre os conflitos. A Linnéa é muito impulsiva, é a primeira que julga todas as outras e sempre arranja uma forma de despedaçá-las com palavras. A Rebecka é melhor do que a Minoo, mesmo sofrendo de um distúrbio alimentar tenta ao máximo uni-las, pois não tem problemas com nenhuma das cinco. A Anna-Karin sofreu muito bullying no passado e é a mais quieta e recolhida do grupo, porém sua autopiedade e auto-depreciação atrapalha as meninas em vários momentos da trama. A Ida é desagradável do inicio ao fim, parece que está em sua natureza ser desprezível e pensar somente em si mesma, além de ser a principal pessoa que praticou bullying contra Anna-Karin.


Este livro é o primeiro da trilogia Engelsfors, porém as continuações ainda não foram publicadas no Brasil. O desfecho é bem aberto, mas não me trouxe a vontade de ler a continuação. Parece-me que esse livro é somente uma apresentação para o universo da trama, mas os autores não nos deram informações suficientes para querermos continuar. A história ficou muito aberta, o que me desanimou, pois gosto que me expliquem o porquê de tais poderes, ações etc. 

Bom, o Círculo é um livro com uma premissa boa, que não foi muito bem utilizada. Tive a impressão de que os autores não souberam misturar a realidade com o sobrenatural. A diagramação e edição são lindas, realmente o comprei porque fiquei apaixonada pelos detalhes. Pretendo procurar o e-book em inglês do segundo livro, Fire para tirar minhas dúvidas sobre a história.

Espero que vocês tenham gostado da resenha, ficou pequena porque achei o enredo muito vago. Comentem se vocês já leram o livro e se gostaram!
E lembrem-se: foca na leitura!
Facebook
Blogger

4 comentários

  1. Já tinha visto o livro no Submarino, mas nunca cheguei a imaginar que fosse do jeito como tu estás dizendo, achava que esse livro prometia; mas é que nem o ditado fala "não devemos julgar um livro pela capa". Quase cheguei a comprar ele uma vez, mas acabei escolhendo outro hahaha.
    Abraços!
    http://umaleituraqualquer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel!
      Fui enganada pela capa na Bienal e como ele estava mais barato acabei comprando sem nem ler a sinopse.
      Bom, eu particularmente não gostei mas você pode tirar suas conclusões com a leitura rs

      Beijos!

      Excluir
  2. Olááááá, tudo bem???? Realmente a capa chama a atenção <3 Pena que o conteúdo do livro não acompanha né? :(
    Mas vida de leitor tem dessas hehehe. Quem dera a gente só encontrasse livros que nos agradassem por aí.
    Mas eu confesso que fiquei com um pouco de curiosidade para ler a obra, já que gosto dessa mistura de mistério e fantasia-sobrenatural. Não vou dizer que vai para a lista de leituras heheh, mas se surgir a oportunidade, acho que lerei :3
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih!

      Sim, ele faz parte parte do ditado "não julgue um livro pela capa" rs
      Se você tiver a oportunidade não custa tentar, talvez seja o livro que você espera não é?
      Leia sim, é sempre bom ter a própria opinião sobre o livro!

      Beijos!!

      Excluir