INÍCIO RESENHAS PARCEIROS CONTATO ESPECIAIS

17 de julho de 2017

Resenha: Boneca de Ossos, de Holly Black

||
Autora: Holly Black
Editora: Novo Conceito (#irado)
224 Páginas

Sinopse: Poppy, Zach e Alice sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam.
Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...
Mas, de repente, Poppy conta para os amigos que começou a ter sonhos com a Rainha – e também com o fantasma de uma menininha que não conseguirá descansar enquanto a boneca de ossos não for enterrada no seu túmulo vazio.
Então, Poppy, Zach e Alice partem para uma última aventura a fim de ajudar o fantasma da Rainha a encontrar seu descanso eterno. Mas nada acontece do jeito que eles planejaram... A missão se transforma em uma jornada de arrepiar.
Será que a boneca é apenas uma boneca ou existe algo mais sinistro por trás desses fatos? Poppy está mesmo dizendo a verdade ou tudo isso não passa de um truque para que voltem a brincar juntos?
Se existe mesmo um fantasma, o que vai ser das crianças agora que elas estão nas suas mãos? Compre o livro aqui
Zach, Poppy e Alice têm o costume de brincar juntos há bastante tempo. No passatempo atual, o pirata William, a Lâmina (representado por Zach) está em alto mar com a ladra Lady Jane (representada por Alice). Os dois estão tentando atravessar o Mar Mais Negro, que é defendido por sereias (representadas por Poppy), para poderem executar uma missão imposta pela Grande Rainha, uma boneca de ossos que observa e reina sob todo o universo fantástico que as três crianças criaram. 

A Grande Rainha tem cachos dourados num tom de palha e a pele branca como papel. Ela usa um vestido comprido de tecido fino e vive na cristaleira da casa de Poppy. Quem, por um acaso, desobedecesse às ordens dela seria condenado, teria a família adoecida e morta. Apesar de ter todo esse poder, a rainha é incapaz de sair do móvel. 

Em um dia da semana em que Zach volta da escola, ele sobe para o quarto e percebe que os bonecos não estão onde ele havia deixado de manhã. Apavorado, sai a procura deles, mas logo percebe que o pai jogou todos fora, porque acha que o filho já está grandinho demais para brincar e deve se envolver mais com os meninos da escola. 

Zach fica furioso, mas não tem coragem de contar às amigas que não possui mais os brinquedos. Ele acaba por decidir falar a elas que simplesmente não quer mais brincar. Mesmo sem querer, acaba se tornando um menino um pouco arrogante e chato por isso. 

Poppy é quem mais fica afetada com toda essa mudança. Ela chega a dizer para Zach que, se ele quisesse, ela tiraria a Grande Rainha da cristaleira e ela contaria todos os segredos que Zach pudesse querer saber sobre o passado de William, a Lâmina e quaisquer outros detalhes, já que ela sabia de tudo. Mesmo assim, Zach pede desculpas e não aceita a oferta. 

Porém, depois de um tempo, Alice e Poppy aparecem na casa de Zach a noite para contar que Poppy sonhara com a boneca e que, se a menina não enterrasse os restos mortais dela, poderia sofrer as consequências. Assim, depois de muito custo (porque Zach não fica convencido de primeira), os três partem em uma jornada real para resolver esse mistério. Será que ela é só uma boneca ou há algo misterioso por trás dela?

Boneca de Ossos, Holly Black | Foto: Luiza Lamas
Dos três personagens principais, o que mais gostei foi a Poppy. Ela é decidida, acredita em si mesma e não volta atrás no que quer. Acho que o fato de ela ficar um pouco excluída entre os três, às vezes, também me ajudou nessa decisão, porque Zach e Alice em alguns momentos foram irritantes. 

Alice, na maior parte do tempo, não acredita em Poppy e questiona muito para si mesma se Poppy não está inventando tudo aquilo para que eles continuem brincando juntos, o que também acontece com Zach. Isso acaba prejudicando consideravelmente o desempenho dos três na jornada e afetando a própria Grande Rainha (se eu contar mais vai ser spoiler, vocês vão precisar ler). 

Algo que quero destacar aqui é o quanto o pai de Zach é machista. Não sei se foi intenção da autora construir um personagem assim, mas além de ele ter jogado os brinquedos do menino fora por estar grandinho demais (eu sei que se isso não tivesse ocorrido, a história do livro não existiria, mas isso não exclui a característica do personagem), ele também ressaltou que Zach, como menino deveria proteger as meninas. Vários "me poupe" para isso.

Uma sacada que achei muito boa por parte da Holly Black é ela ter conseguido mesclar entre a narrativa da aventura das crianças e contar, ao mesmo tempo, como eles estão crescendo. Isso significa que o corpo de Alice está mudando, que os meninos estão dando mais atenção para Zach na escola e que as meninas estão ficando estranhas com ele. Aos poucos, os três vão descobrindo juntos o que todas essas mudanças significam. 

O livro também é cheio de referências a outras histórias (como As Crônicas de Nárnia e O Senhor dos Anéis) e ilustrações que ajudam a visualizar a leitura. A fonte escolhida para o livro é grande, o que também ajuda a terminá-lo de mais rápido. 

Boneca de Ossos, página 13 | Foto: Luiza Lamas

Esta é uma história para quem gosta bastante de aventura e um pouco de mistério, que pode agradar tanto aos mais novos, quanto aos que estão acostumados com outros tipos de leituras. 
"Há pessoas que fazem coisas e pessoas que nunca fazem... Que dizem que vão fazer, mas simplesmente não fazem. Eu queria ter uma missão. E, agora que tenho uma, não vou recuar. Não vou para casa até terminá-la." - Pág. 88.  
Vocês já leram esse livro? O que acharam? Contem aí nos comentários! Gostaram da resenha?

Um beijo e foca na leitura!
Facebook
Blogger

Nenhum comentário